25 de jan de 2012

Cupcakes para Chá de Cozinha!

Lembram que eu falei no início do mes sobre uns cupcakes para um chá de cozinha que eu estava preparando??? Pois é! Ficaram fofos! To dando uma passadinha rápida para postar a foto! ;)


To a caminho de Recife! Volto semana que vem e dou uma passadinha por aqui com mais calma! FUI!

19 de jan de 2012

Cupcakes: Fazendinha!

Meu Deus do Céu! Só agora percebi que nunca postei aqui as fotos dos cupcakes de bichinhos da fazenda... como assim gente?! O cúmulo do absurdo isso! Logo eles que me renderam tantos elogios fofos, sem falar que eles foram a atração principal da mesa de aniversário de André de 5 aninhos. Ai ai, onde ando com a cabeça?! (não queiram nem saber! ui!)



Prontinho! Fotos postadas! Tá... da onde eu tirei inspiração? Fácil! Fofurice, é claro! Hahaha! Só pra variar um pouco né?! =P

Mas enfim, como sempre, Sam dá todas as dicas, super detalhadas e bem explicadas.

Link das páginas: Cupcakes Fazendinha Parte I, Parte II.

É só seguir as dicas que vai dar tudo certo (eu garanto! haha). É claro que nunca fica exatamente igual. Essa é, na verdade, a graça! Mas a base é praticamente a mesma!

Diversão garantida!

11 de jan de 2012

O clássico dos clássicos: red velvet!

Desde que o mundo dos cupcakes é mundo, sempre se escuta falar de um clássico americano, o "red velvet", o que, na tradução para o nosso português, nada mais é que "veludo vermelho"... ou seja... um cupcake com uma cor vermelha bem rica e lindaaa de viver. Apesar de achar que o red velvet é puro glamour, confesso que nunca o tinha testado nem experimentado. E, aproveito pra gritar para quem por aqui passa, que todas as minhas expectativas foram superadas! êêêêê!

Pois é, respirei fundo, tomei coragem, botei a mão na massa e fui para cozinha testar o clássico dos clássicos, e, é claro, que algumas imagens desse meu momento "eu posso, eu consigo" ficaram registradas.


Vamos por partes! Observações importantes sobre essas três fotos aí de cima.

A 1ª: notem a cor da massa do bolo. É veludo vermelho mesmoooo! Mas, pra ficar assim, tiver que fazer uns ajustes na receita. Além do corante vermelho, usei um pouco do corante chocolate. Porque? Eu explico. Quando coloquei a quantidade de corante que a receita recomendava, achei que ficou um vermelho muito aberto, nada parecido com cor de veludo. Aí adicionei um pouquinho de corante marrom e voilà, o vermelho tão desejado surgiu, ou pelo menos, o vermelho que sempre imaginei pertencer a um típico red velvet.

2ª observação: a massa assa super bem, nada daquela novela de "solta ou não solta da forminha" ou possíveis cupcakes suicidas (aqueles que sobem tanto dentro do forno, que passam das forminhas e logo após afundam no meio). Aproveito pra fazer a observação da observação (pode isso?): to começando a achar que tem alguma reação química que ocorre dentro da massa do bolo quando adicionamos ingredientes ácidos (limão, vinagre), fazendo com que a consistência da bolinho seja mais firme, não desgrude da forminha mesmo com mais de três dias. Enfim, não sei. Só um palpite. (será que rola pedir ajuda aos universitários?)

3ª observação:  na última foto, a que tem um bolinho partido ao meio, se você observar bem tem uma espécie de "capinha" em cima do bolo... genteeeeeeeeee... essa capinha é muitooo muitooo muitooo boa! Parece que o bolo tem uma cobertura própria sabe? Super úmida e não dá vontade de parar de comer.


Essas duas fotos aí de cima são da cobertura do cupcake, que é a cobertura clássica do red velvet, cream cheese. É super fácil (vou colocar o link das receitas lá no final do post, não se preocupem!)... mas para adquirir uma consistência legal de trabalhar, recomendo que coloque-a pelo menos uns 20 minutinhos no freezer.


Prontinho... essa é a foto do resultado final! Para decorar, uma mini pastilha de chocolate vermelhinha para dar o charme. ;)

Vou colocar logo os links da receita (antes que tenha leitor querendo me matar! =P) do red velvet e da cobertura de cream cheese. Ambas do blog lá do Barra Doce que eu adoro e vivo consultando.

Tá... agora vamos ao que interessa. O que eu mudei (ou melhor, personalizei, hahaha!) das receitas? Na do red velvet é acrescentei o corante marrom, conforme já foi dito, e ao invés de 1 colher de sopa de cacau em pó (item que muitos discutem se há ou não no tradicional red velvet, mas como chocolate deixa tudo mais gostoso, não sou eu quem vou discutir néééé?), eu coloquei 2. Dica legal: eu usei corante em gel, o que significa que usei uma quantidade bem inferior à recomendada na receita. Outra dica: antes de colocar o corante na massa do bolo, dilui em uma colher de chá de água, fica mais fácil na hora de misturar tudo.

Na receita do cream cheese, eu coloquei só metade da quantidade recomendada de açúcar de confeiteiro, o que fez com que a consistência fosse alterada (ficou mais mole), mas, pelo menos, não ficou tão doce e "casou" perfeitamente com o sabor do bolo em si.

Negócio é o seguinte: recomendo mil vezes que vocês coloquem a mão na massa e se joguem de cabeça no red velvet. É uma experiência alimentar super inspiradora e de energizar qualquer cozinha com esse vermelho forte e vibrante!

5 de jan de 2012

Os cupcakes de grife e seus sabores!

Êêêê! 2012 na área! Aproveito logo essa primeira postagem do ano para divulgar a nova tabela de sabores dos Cupcakes de Grife:


Pois é... ano novo, tabela nova! É claro que isso não impede que sempre role um novo sabor por aqui, já que quem me conhece sabe que eu não sou muito amiga da rotina.

Pra quem acha que eu to de volta com força total, lamento dizer que não estou. Na verdade, esse mês de janeiro é um mix de férias, com trabalho, como novas idéias e planos, com preguiça, com praia, com o verão de Salvador... enfim, "instabilidade" é a palavra do mês. Mas é clarooo que voltarei por aqui mais vezes.

Ontem passei a tarde fazendo novas decorações com pasta americana... me senti uma verdadeira artista, hahahaha... pintei coraçõezinhos, usei meus rolinhos texturizados, e comecei a preparar a decoração dos cupcakes especiais para um chá de cozinha que vai rolar na próxima semana... tudo isso ao som de U2, nas alturas, vale ressaltar. Ai ai (suspiro)... que esse ócio criativo venha me visitar mais vezes! ;)