24 de ago de 2011

O Queridinho do Mês!

Demorei mas voltei! ;)

Fui passar uns diazinhos em Recife e, é claro, não pude deixar de visitar o centro da cidade pra fazer umas compritchas básicas de acessórios e fofurices para os cupcakes!
Prometo que posto todas as fotos e dicas sobre o que comprei, onde comprei e bla bla bla! Mas tive que passar hoje rapidinho por aqui, só pra vocês não pensarem que abandonei geral!
Então vou postar uma foto do cupcake do momento (ele tá sendo o queridinho do mês). Os cupcakes de marshmallow. Na verdade, é bolo de chocolate, recheio de brigadeiro e cobertura de marshmallow!


Esse marshmallow não é o verdadeiro marshmallow, por que ele não tem aquele gosto de caramelo forte, já que eu não caramelizo o açúcar. Ele é mais neutro, pra combinar com todos os sabores de bolinhos e recheios.
A consistência é você quem diz! Quanto mais se bate, mais "durinho" vai ficando!

A receita é simples:

3 claras (mais ou menos 100g)
200 g de açucar cristal

Misture as claras e o açucar num bowl e coloque em banho maria, sempre mexendo. Nada de fogo muito alto, mas também nada de baixo demais. Entre 220º e 270ºC. Se tiver um termômetro, controle a temperatura (quando chegar aos 50ºC, tire do fogo), se não tiver vá no feeling (eu não tenho termômetro ainda! será minha próxima aquisição!), então mexo por uns 5 minutinhos, quando a mistura vai ficando num tom de caramelo, eu desligo e começo a bater.
Bata na velocidade baixa por 2 min e depois na intensidade média, por mais 4 minutos. Pronto, é só cobrir os cupcakes (dá pra confeitar uns 20 cupcakes) e decorar com "medalhinhas" coloridas.

Dica 1: Se quiser uma consistência mais mole, para rechear, por exemplo, bata por 3 minutos, ao invés de 4.

Dica 2: Observe que a quantidade de açúcar é o dobro da quantidade de clara. Quanto mais açúcar, mais dura a consistência.

É super simples e todo mundo gosta!

17 de ago de 2011

A prova de fogo fofa!

Já que o post anterior foi sobre pasta americana, me empolguei pra postar a foto do meu "filho" favorito. Sim, por que todas nós "fazedoras de cupcakes" temos aquela obra prima, aquele cupcake que quando você termina você olha e pensa: "caracaa, eu que fiz?!". Pois é, eu tenho um favorito!

Quando eu comecei a "brincar de massinha americana", eu fiquei folheando alguns livros e revistas pra ver modelos e idéias  pra minhas mais nova diversão. Todos que eu via eu me derretia: "ohhh, q fofo!" (sim, essa era praticamente minha única reação)... até que vi um que além de fofo e lindo, era feito com minhas cores favoritas (marrom e rosa) e estava num nível acima... ou seja, seria um desafio. Decidi! Era aquele que eu iria fazer... essa seria minha prova de fogo (que marravilhaaaa!).

Sim (depois desse momento Claude), eu fiz! Deu trabalho demais... e fiquei imaginando como seria receber uma encomenda pra fazer 50 cupcakes como esse... nossaaaaaaa! Muitooo trabalho... loucura loucura loucura (Caldeirão do Huck)! (Preciso parar de ver televisão)

Foco Germana! Sim... sabe aquela sensação de "eu sou "a" cara"??? Pois é... me senti assim! Tirei logo várias fotos... e deixei ele numa espécie de pedestal em cima da mesa da cozinha. Mostrei pra todos lá em casa e todos perguntaram: "foi você que fez mesmo?" Helloooo! Como assim galera? Claro que fui eu que fiz! Quanta dúvida da minha capacidade! Hummm (fazendo cara de indignada)!

Vou postar logo a foto pra vocês verem! Quero um "ohhhhhh" bem grande, hein?!



Né lindooo?! Sim... na foto real do livro, o enfeitezinho que fica na orelhinha do urso é uma florzinha... mas como eu não tinha cortador de uma flor tão pequena assim, fiz um lacinho que era mais fácil (fazer uma flor tão pequena sem ajuda de um molde ou cortador ainda esta alem da minha capacidade artesanal!).

Na verdade não é tãooo difícil assim... só exige paciência (e muitaa)!
Para a base, fiz tirinhas e intercalei as cores... passei o rolo em cima pra "unir" as tiras, depois cortei o formato de círculo com um cortador que fosse mais ou menos do tamanho da superfície do cupcake.
Para o urso, fiz uma bolinha e fui achatando (não muito, por que o urso é pra ter aspecto fofinho), fiz duas bolinhas pequenas para as orelhas... achatei as pontas para que grudassem na base. Depois fiz outra bolinha, um pouco maior, coloquei em cima da outra bola maior (pra grudar melhor, molha um pouquinho só o dedo na água e molha a superfície onde você vai aplicar). Fiz um "corte" nessa ultima bolinha, depois fiz mini bolinhas marrom escuro para serem os olhos e o nariz.
A chupeta parece difícil mas nem é. Faz uma bola rosa e achata c a mão. Depois faz uma tirinha e enrola ela, colando na superfície achatada que você acabou de fazer. Aí você finaliza tudo com uma outra bolinha rosa em cima, que vai dar o acabamento a chupetinha. Pronto!

Tá... eu confesso! Trabalho demais ne?! Mas valeu a pena... ainda mais depois que Claude me ligou pra dar os parabéns por eu ter passado sem perder nenhum pontinho pela prova de fogo! Huhuhuh!

15 de ago de 2011

Minha nova amiga: pasta americana!

Tá! Eu confesso, eu não ia com a cara dessa tal de pasta americana. Fala sério, sem gosto e artificial demais. Sempre via várias decorações de bolos e cupcakes com ela e admirava... tão perfeita, super versátil, várias cores... mas por que tem que ter essa textura meio borrachuda e esse gosto de limão misturado com baunilha, que nem é azedo nem doce?! Ahh! Bonitinha mas ordinária! Hunf!

Aí Lu (aquela minha amiga da faculdade que me jogou nesse mundo nada light) falou: "Gê, compra a da marca tal... é a melhor que tem!". Aí eu comprei! Provei um pedacinho fazendo uma cara de ecaaaa... e... ei... até que essa não é tão ruim... só tem gosto de limão, nada de baunilha... tá... não é gostosa, mas também não é ruim... será que se eu decorar os cupcakes com ela o pessoal vai gostar?! Não custa tentar, né?! Pronto... estava resolvido... pasta americana, aí vou eu!

Colori alguns pedacinhos (o rendimento dela é incrível) e lá fui eu, criar! Foi aí que eu me apaixonei... bateu aquela sessão nostálgica... parecia que eu tava brincando de massinha de modelar... fazendo florzinhas, corações, bonequinhos (tudo com a ajuda dos cortadores, claro)... tãooooo legal! Recomendo essa terapia! Ficava sentada na mesa, vendo as novelas e brincando de massinha... tem coisa mais terapêutica?!
Resolvi que ao invés de cobrir todo o cupcake com a pasta americana, eu iria apenas fazer enfeites e colocá-los em cima da cobertura... só pra dar um toque de cor aos bolinhos!

Fazia a florzinha (por exemplo), deixava secar em cima de um plástico (o ideal é um tapete de silicone), depois enfiava nele uma espécie de ferrinho revestido maleável (parecem aqueles de fechar saco de pão, só que 10 vezes mais fino... na verdade, esses são próprios para decoração de bolos de casamento e tudo mais)... e colocava em cima da cobertura do cupcake! Assim, quem quisesse tirava o enfeite e não comia e quem quisesse comia. Simples e democrático!

Pronto... abaixo estão algumas fotos dos cupcakes com minha mais nova amiga: pasta americana!

12 de ago de 2011

Cupcake ou Brigadeirão? Os dois!

Esse cupcake foi um "achado"! Comprei mais um livro de cupcakes (to querendo montar uma biblioteca) e nele encontrei uma dica super ultra mega power legal: transformar um cupcake num brigadeirão!
Olhem a foto! Não ficou parecendo um verdadeiro brigadeiro gigante?



Então: como fazer?! Você vai precisar de:

- granulado de chocolate
- forminhas marrons
- uma boa receita de cupcake de chocolate
- manteiga para untar
- tigela média
- colher de café
- brigadeiro, quanto mais, melhor ( o ponto do brigadeiro deve ser um pouco mais duro, se quiser, use uma colher de sopa de farinha de trigo na receita para dar "corpo e estrutura" a essa delícia)
- colher de sorvete (daquelas que tem um "gatilho" que você aperta e o "sorvete" vai soltando da colher)

Vamos as dicas:

1ª - é importante que a forminha seja marrom e o granulado de chocolate (claro que isso é só estética... mas vamos combinar que a estética de um cupcake faz toda a diferença ne?!);
2ª - a bolo deve ser de chocolate (escolha uma receita legal, que o bolo seja fofinho, molhadinho e ao mesmo tempo com aquele gosto real de chocolate);
3ª - não coloque muita massa de bolo na forminha (o ideal é que o bolo fique até quase o topo da forma, mas que deixe um pouquinho do papel "sobrando");
4ª - encha a colher de sorvete (já untada com manteiga) de brigadeiro e alise a superfície (com uma colher mesmo), aplique em cima e no centro do bolinho (este já deve estar frio, assim como o brigadeiro) e vá "clicando" no gatilho para que o brigadeiro solte da colher;
5ª - em uma tigela média, coloque o granulado e "mergulhe" o cupcake, fazendo com que o granulado "grude" na "montanha" de brigadeiro;
6ª - com uma colher de café vá colocando granulado nas laterais do brigaeiro, de modo com que toda a superfície do brigadeiro fique coberta;
7ª - coma sem moderação!

Fácil né?! E é lindoooo, sem falar que é impossível ficar ruim ne?! ;)

10 de ago de 2011

Mais Clicks!

Mais algumas fotinhos pra encher a boca d'água! =P


Os verdinhos são: bolo de limão, recheados com mousse de limão e coberto com fondant também de limão. (esse é o preferido de muita gente... e é um dos poucos que eu ainda não enjoei, haha!)
E os que tão decorados com mini mm's são de bolo de bauniha com gotas de chocolate, coberto com ganache de chocolate. Uma fofura! (adoro os mini mm's pra decorar... acho que eles alegram qualquer mesa de aniversário... seja de criança, seja de adulto)


Essa foi uma encomenda para um aniversário de 9 aninhos... 40 cupcakes de bolo de baunilha com cobertura de brigadeiro, metade decorado com o mini mm's (olha eles aí de novo genteee!) e metade com estrelinhas de açucar. A aniversariante adorou!


Recebi o seguinte pedido: "quero 20 cupcakes super perua... muita cor... muito rosa.. é aniversário de uma colega do escritório é ela é a barbie em pessoa." Quem sou eu pra negar um pedido desses?! Sabe quando você está inspiradíssima? Pois é! Eu tava afim era de inventar! Haha! Coloquei anilina em gel rosa pink no brigadeiro branco e foi só diversão.

As flutuações de humor na vida de quem faz cupcake!

Chega uma fase que a receita, as medidas e todas as manias (sim, por que uma "fazedora de cupcake" que se preze é cheia delas!) já estão no automático da gente. É só falar em "fazer cupcakes" que seus braços se movimentam sem você nem perceber.

Até essa "fase" chegar as coisas fluem mais devagar, a quantidade de ingredientes é checada várias vezes, o modo de preparo é lido e relido, a temperatura do forno sobe e desce (será que tá quente demais? será que ainda tá frio?)... você está sempre pensando antes das delícias saírem do forno: "ai meu Deus, será que deu certo?". Todos esses questionamentos tem um porquê! Por que você já solou muito bolo, já tirou do forno antes do tempo, já deixou assar demais... é trauma, galera! Nossaa! Quantas vezes eu fui toda feliz e saltitante pra cozinha e 40 min depois saí de lá toda mal humorada e pra baixo?! Cozinhar mexe com a gente! Eu costumo dizer que meus cupcakes ficam tão "bonitos" (ou não tão bonitos assim) quanto o meu humor! Mas como tudo é uma questão de prática, essa "fase negra" passa e as coisas começam a sempre (ou quase sempre) darem certo!

Depois de tanto sofrer com essa flutuação de humor, você começa a perceber que, na verdade, fazer cupcakes (cozinhar de um modo geral) é uma ciência e tudo tem uma explicação... (ufa! alívio!) Aquelas manias lá do primeiro parágrafo muitas vezes fazem um sentido (as vezes é só "frescura" mesmo)... e quando você vai "analisar" a parte química da situação, ela se encaixa e as coisas fluem (aeee!). As vezes a receita "desanda" por que você colocou gordura (manteiga, leite, ovo, óleo) , por exemplo, e o bolinho ficou tão "mole" que simplesmente soltou da forminha de papel... ai ai (suspiro!)... quantas vezes aconteceu isso comigo!

Entenderam? Tudo tem um porquê! É aí que você começa a adaptar a receita perfeita... aquela que se enquadra com seu forno, com o clima da sua cidade e com o tipo e qualidade de ingredientes que você utiliza! É minha gente, fazer cupcakes é divertido... mas quem disse que não dá trabalho?! Mas (aqui pra nós)... vale a pena! ;)

9 de ago de 2011

Os primeiros Clicks!

Minha super ultra amiga casou! Antes desse mega evento acontecer, ela me pediu uma ajudinha com seu chá de cozinha. Pra que servem as amigas? Pois é! Lá fui eu fazer 100 cupcakes pra enfeitar a mesa do chá. Eu nunca tinha feito mais de 30 cupcakes.. quando vi a mesa da sala lotada de bolinhos pra confeitar enlouqueci geral. Os de forminha rosa, era cobertura tal... os amarelos, o granulado era tal... affff! Juro que achei que não ia rolar. Mas no final, tudo deu certo (ainda bem né amiga?)! Foi aí que eu comecei a acreditar que a parada tinha futuro! \o/

Aí em baixo estão algumas poucas fotos desse dia "mutcho louco"!




Começando os Trabalhos!

Oi oi oi! Este é o post de abertura do blog Cupcake de Grife! Aqui estou eu! Já me apresentei aí do lado, assim como já compartilhei (também aí do lado e lá em baixo) todas os detalhes sobre os cupcakes de grife, como os sabores, preços, contatos e tudo mais... então, vamos ao famoso "como tudo começou"!

Ano passado eu comecei a cursar faculdade de gastronomia! Assim sabe, eu nunca fui "a" cozinheira... na verdade eu nem era tão fã assim do fogão (acreditem, hoje ele já tá se tornando amigo íntimo)... mas sempre
 "babei" (literalmente?!) por doce! É pra fazer sobremesa?! Huhu... deixa comigo!
Sim... voltando (foco Germana), logo que entrei no curso começou a parte de "trocar figurinhas" com os colegas (no caso, "as" colegas... pense em um monte de mulher juntas!)... conversa vai, conversa vem... comecei a ouvir mais detalhes sobre esses tais de cupcake... Eu até já tinha visto e comido quando passei uma temporada de "retiro espiritual em busca do meu eu interior" no Canadá em 2008 (mentira, fui estudar inglês mesmo!)... mas meu primeiro contato com esses fofinhos não foi nada que me marcasse profundamente.
Foi quando minha amiga Lú, lá da faculdade, me apresentou formalmente aos cupcakes (Germana, cupcake / cupcake, Germana)... aí pronto... apaixonei geral (love is in the air)! Ela me deu todas as dicas, receitinhas... comecei a pesquisar e a bisbilhotar blogs e sites alheios... e aqui estou eu, dedicada em período integral (exagero!) a essas coisas fofas, que eu apelidei carinhosamente de "meus filhos"!

Espero que aqui possamos fofoca bastante sobre esses filhotes! E espero também que você goste bastante do blog, das dicas e das fotos... e mais ainda, que um dia, vc resolva adoçar seu dia ou seu final de semana comendo um "Cupcake de Grife"!