10 de ago de 2011

As flutuações de humor na vida de quem faz cupcake!

Chega uma fase que a receita, as medidas e todas as manias (sim, por que uma "fazedora de cupcake" que se preze é cheia delas!) já estão no automático da gente. É só falar em "fazer cupcakes" que seus braços se movimentam sem você nem perceber.

Até essa "fase" chegar as coisas fluem mais devagar, a quantidade de ingredientes é checada várias vezes, o modo de preparo é lido e relido, a temperatura do forno sobe e desce (será que tá quente demais? será que ainda tá frio?)... você está sempre pensando antes das delícias saírem do forno: "ai meu Deus, será que deu certo?". Todos esses questionamentos tem um porquê! Por que você já solou muito bolo, já tirou do forno antes do tempo, já deixou assar demais... é trauma, galera! Nossaa! Quantas vezes eu fui toda feliz e saltitante pra cozinha e 40 min depois saí de lá toda mal humorada e pra baixo?! Cozinhar mexe com a gente! Eu costumo dizer que meus cupcakes ficam tão "bonitos" (ou não tão bonitos assim) quanto o meu humor! Mas como tudo é uma questão de prática, essa "fase negra" passa e as coisas começam a sempre (ou quase sempre) darem certo!

Depois de tanto sofrer com essa flutuação de humor, você começa a perceber que, na verdade, fazer cupcakes (cozinhar de um modo geral) é uma ciência e tudo tem uma explicação... (ufa! alívio!) Aquelas manias lá do primeiro parágrafo muitas vezes fazem um sentido (as vezes é só "frescura" mesmo)... e quando você vai "analisar" a parte química da situação, ela se encaixa e as coisas fluem (aeee!). As vezes a receita "desanda" por que você colocou gordura (manteiga, leite, ovo, óleo) , por exemplo, e o bolinho ficou tão "mole" que simplesmente soltou da forminha de papel... ai ai (suspiro!)... quantas vezes aconteceu isso comigo!

Entenderam? Tudo tem um porquê! É aí que você começa a adaptar a receita perfeita... aquela que se enquadra com seu forno, com o clima da sua cidade e com o tipo e qualidade de ingredientes que você utiliza! É minha gente, fazer cupcakes é divertido... mas quem disse que não dá trabalho?! Mas (aqui pra nós)... vale a pena! ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário