2 de fev de 2012

Por que tanta raiva dos cupcakes?

Ultimamente tenho visto aqui na internet vários artigos que criticam os cupcakes. Eu, realmente, não entendo o porquê de toda essa raiva direcionada a um pequeno, inocente e fofo bolinho que só faz abrilhantar as mesas de aniversários e comemorações especiais entre famílias e amigos.

Já li tanta coisa absurda, que nem vale à pena postar o link aqui (cara de indignada!). O que eu quero deixar claro, e aproveito pra dizer que o blog é uma ótima ferramenta para isso, é que eu não to aqui defendendo o meu pão diário, to falando como alguém da área de gastronomia, que ama o cheiro da comida, o gosto da comida, falar sobre comida, ler sobre comida... e que acha totalmente desnecessário alguém perder seu tempo (a não ser que essa pessoa tenha tanto sobrando assim, e se esse for o caso, vá plantar uma árvore gata!), desmerecendo tanto alguma dessas comidas e, pior, desmerecendo as pessoas que gostam dessa tal comida.

Ora, ora, ora... sejamos democráticos. Cada um faz o que quer da sua vida, fala sobre o quer e gosta do que quiser, mas respeitar o outro é fundamental (até aqui na internet!). Qualquer manifestação com o tema "eu odeio cupcakes" não faz o menor sentido. Eu também não gosto de empadas e não saio por aí escrevendo textos rancorosos criticando as coitadas. É gosto gente! E gosto é gosto, cada um tem o seu!

Outra coisa que me irrita bastante é a generalização. O cupcake é formado por bolo, recheio (às vezes) e cobertura... ou seja, nada mais é que um bolinho individual. E, respondam-me, por favor, todos os bolos são iguais? Pois é... os cupcakes também não são! E ninguém sai por ai dizendo que detesta bolo. Então, me faça um grande favor (outro), não generalize e abra a boca pra dizer que odeia cupcake, por que você pode ter tido o azar de ter comido um que você não tenha gostado, ou por que o bolo estava seco, a cobertura enjoativa, ou por qualquer outro motivo. Dê uma chance para o cupcake!

Se é pra desabafar, vamos lá! Esse papo que cupcake é moda e que um dia ninguém vai mais lembrar da sua existência, isso pra mim é balela. Concordo que eles estão no auge (na verdade eles já estiveram mais), mas isso não quer dizer que um dia eles vão cair no esquecimento... cupcake é que nem docinho de festa gente, eles sempre vão existir. Nos Estados Unidos eles são super queridos, e fazem um enorme sucesso até hoje (e olha que lá eles já existem há muito mais tempo). Claro que moda é moda, mas tem certas coisas que nunca saem de moda, tem outras que saem um pouco e depois voltam, e outras que são repaginadas e voltam com força total. E essa é a magia da comida. Ela se encaixa nessas três possibilidades!

Ufa! Acho que minha raiva ta passando, ou pelo menos diminuindo. Espero que eu tenha conseguido deixar claro aqui meu ponto de vista: sou a favor da gastronomia, do ato de confraternizar ao redor de uma mesa, da comida em si, seja ela como for, e não acho digno menosprezar as pessoas que fazem um determinado tipo de guloseima ou as que gostam dela.

Eu amo cupcakes (pronto, falei)! =P

P.S.: eu adoro empada viu genteeee? Sérioooo! Foi só o primeiro alimento que veio na minha cabeça e usei como exemplo! rs

Um comentário: